Páginas

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Linguagem Corporal: Vertente de Letramento – Parte Final

Piuí! Piuí!

Gente linda que nos acompanha a bordo da LLM,

E ai? Vamos compartilhar momentos! Conto como foi a parte final  da nossa viagem rumo a leitura  da linguagem corporal ocorrida em nossa 13ª oficina que aconteceu no último dia 23 de setembro de 2014 e depois vocês compartilham suas impressões sobre a mesma nos nossos comentários, ok?
Não é que eles levaram mesmo a sério a expressão corporal!! Nhumy! Nhumy!
Desta vez retomamos os nossos acentos para apreciarmos  um raro vídeo “ Modern Final Song” em que Chaplin canta e interpreta a letra da canção de um jeito que ninguém mais fez. Hilário!   Ótimo aquecimento às leituras que as outras paisagens da tarde nos reservavam!

Antes que nossa locomotiva se distanciasse muito da estação pudemos contemplar e valorizar as paisagens que a equipe de Letícia providenciou durante o tempo em que não estávamos a bordo. Vale a pena desfrutar das quatro paisagens que podem ser contempladas antes desta postagem!  

Seguindo viagem avistamos uma paisagem que tem tudo a ver conosco à bordo da LLM, pois o tema do desafio da semana era “ Coisas legais para se fazer nas férias”, então foi um farfalhar de opiniões: dormir muito, assistir bons filmes sozinhos ou com amigos, ficar de trelelê com amigos, passear no shopping, viajar nas páginas de um bom livro sem se preocupar com o tempo e viajar literalmente em boas  e animadas companhias, tudo muito bom! Não é? Sorteamos o tema da semana seguinte, lembramos quem seria a equipe responsável pelas postagens desta semana e seguimos apreciando o vento a bater em nossos rostos!

Todos começaram a se inquietar ao avistarem a paisagem logo à frente, pois ninguém queria ficar por último na apresentação dos vídeos da blabação, não digam que acreditam nisso, que combinamos antes de saltarmos da locomotiva na semana passada. Paisagens muito criativas e engraçadas como vocês podem comprovar!

video
video video video














Na sequencia nos detivemos alguns minutos observando os detalhes das leituras de variados gêneros que as equipes irão compartilhar em dia determinado e que aqui serão apresentados numa dinâmica que mais tarde vocês conhecerão. Combinado tal detalhe passamos a comtemplar a visão de um texto intitulado “Como ler a linguagem corporal” usando a metodologia de leitura compartilhada seguida de seus comentários.

Fizemos um break nas atividades de leitura para sentir o gosto  da paisagem seguinte. Não! Não estou me confundido com as palavras! Pois a paisagem seguinte tinha gosto de chocolate, melhor, bolo brigadeiro. Se a merenda escolar não chegar o Pró-EMI vai me quebrar! ( risos) Brincadeirinha! Momentos assim não têm preço!

Com muita energia estávamos indo na direção da paisagem de dois vídeos “Pingu e o presente” e “Pingu louco por música”, o objetivo era assistirmos aos videos e fazermos a transcrição individual e por meio de narrativa com diálogos, ou seja, traduzir tudo que Pingu e sua turma não fala com palavras, mas diz com expressões. Metade da turma ficou com um vídeo e a outra metade com o outro, após um tempo determinado para que todos transcrevessem as blabações foi o momento de socializar baseado na percepção de cada um o que contemplaram nestas duas paisagens. Os textos ficaram muito criativos e fazem parte do diário físico de cada aluno.

E assim desembarcamos mais uma vez!

Façam suas leituras em nossa galeria! Beijos!

3 comentários:

  1. Galerinha LLM, todo o processo de construção do letramento que vivemos durante essas duas oficinas me deixa muito satisfeita em relação ao empenho e criatividade que todos demonstraram. As apresentações improvisadas em sala, os videos que produziram e textos que criaram fazendo uso da linguagem corporal e do método blabação são fontes perfeitas em que o letramento e a leitura se configuram.
    A cada dia me sinto mais satisfeita e anciosa pelos momentos em que embarcamos nesta mágica locomotiva. Sabiam que esta é a única viagem que não me deixa enjoada?! Creio que sejam as agradáveis companhias, as deslumbrantes paisagens e, principalmente, a certeza do maravilhoso destino que estejam me proporcionando tal contentamento que as viagens nunca me permitiram. ( Detesto enfrentar o percurso, melhor, a estrada que as viagens exigem! Sofro, literalmente, com isso!)
    Nossa locomotiva não tem pressa porque sabe que o destino está garantido...
    Beijjos!

    ResponderExcluir
  2. Amei fazer o vídeo da blabação me divertir bastante :)

    ResponderExcluir
  3. Esse dia foi hilário, amei as blabações!

    ResponderExcluir